cmrmc

cmrmc

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Agenda Mensal


Programação Centro da Música Carioca - Novembro 2017

Exposição – Querubins da Grota________________________
Horários: Terças e Domingos, das 10h às 18h
Quarta a Sábado, das 10h às 19h30
Querubins da Grota” é um projeto fotográfico realizado com a “Orquestra de Cordas da Grota”, resultado do trabalho desenvolvido no “Espaço Cultural da Grota”, o qual realiza ações voltadas para promoção da cidadania através da cultura, da arte e da educação direcionado para crianças e jovens da comunidade Grota do Surucucu em Niterói.
Além das obras expostas, todas as imagens do livro “Querubins da Grota” que deu origem ao projeto, serão projetadas para que todos tenham acesso ao acervo digital. O fotógrafo Fernando Braune realizará, no mês de outubro uma aula aberta para alunos da rede pública onde discorrerá sobre o processo criativo do trabalho Querubins da Grota, além de fazer uma visita orientada pela exposição.

Clássicos Domingos 11h _________________________________
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Dias 5, 12, 19 e 26/11 – OSRJ – Música de Câmara
Fundada em 2005 a OSRJ (Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro) é composta por jovens e talentosos músicos atuantes no cenário da música de câmara e sinfônica do Rio de Janeiro. Desde o ano de sua fundação a OSRJ vem oferecendo em sua temporada anual de concertos um abrangente repertório camerístico para diversas formações instrumentais.
Dia 5/11 – André Cunha e Leonardo Fantini (violinos), Bernardo Fantini (viola), João Bustamante (violoncelo) e Luciana Fantini (piano)
No programa: Mozart, Edino Krieger e Pixinguinha.

Dia 12/11 – Rafael Barros Castro (piano) e Levi Chaves (clarineta e saxofone alto)
No programa: Radamés Gnattali, Villa-Lobos, entre outros.

Dia 19/11 – Duo Fantini (piano e viola) e Geoffrey Fouvry (fagote)
No programa: Beethoven e Miklos Rosza.

Dia 26/11 – Duo Lula Washington (violão) e Luciana Fantini (piano)

Domingo das crianças 16h ____________________________
Dia 5/11 – Millôr apresenta SuperAções
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Neste espetáculo, o multi-instrumentista apresenta uma rica variedade sonora e musical. Numa crescente evolução, chega a executar simultaneamente até sete instrumentos musicais: sanfona 8 baixos, gaita, tambor, caixa, timbal, prato, agogô e reco-reco, somado a outros adereços sonoros como guizos, gungas, kazu, apitos e buzinas. Dessa forma, interpreta e mantém viva a tradicional e milenar arte circense do homem-banda.
A interação com o público ocorre através de jogos musicais de perguntas e respostas, adivinhações, além da participação com palmas e cantos.
O repertório apresenta músicas de diferentes estilos e regiões do país, passando por ritmos como MPB, rock, baião, samba, cantigas de roda, calangos, entre outros.

Dia 12/11 – Roni Valk e as Figurinhas
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Roni Valk (voz), Alexei Henriques (violino), Nico do Cavaco (violão e cavaquinho), Rique Bardana (piano), Mauro
Rocha (contrabaixo), Marcelo Sant'Anna (bateria e percussão) e André Sette (guitarra)
Show de lançamento do CD homônimo de Roni Valk. Composto por doze canções autorais, Roni contou com as participações mais que especiais de Maria Alcina, Áurea Martins e Suzana Salles, três cantoras consagradas da música brasileira.
O repertório é um passeio pelos ritmos brasileiros como a marchinha, a moda de viola, o afoxé, o samba-rock, a modinha e o baião. Tem brasilidade nas letras e nos variados instrumentos usados nos arranjos como o cavaquinho, a cuíca, o pife, o pandeiro, a viola caipira.

Dia 19/11 – Concerto Afinatto Oficina
Ingresso: R$ 2,00
A Afinatto Oficina, em parceria com Centro da Música Carioca, apresenta o concerto anual com alunos de idades entre 4 a 70 anos. A apresentação tem o objetivo de ser mais uma forma de aprendizado, aprimorando a experiência de palco e público dos alunos. O tema deste ano será Músicas de Filmes, e será composto por piano, violino, viola, violoncelo e percussão. Revezando entre alunos e professores no palco, o concerto vai transitar desde filmes antigos, como Star Wars, até temas mais recentes. O espetáculo também reserva algumas surpresas para os apaixonados por séries, como Game of Thrones, entre outros.

Dia 26/11 – Marcia Valença apresenta Casos e Cantigas
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Histórias populares, pesquisadas pelos folcloristas Câmara Cascudo e Silvio Romero são recriadas por Marcia Valença e emolduradas pelo cancioneiro popular, repleto de cantigas passadas pela oralidade de geração a geração. Casos e Cantigas é uma celebração e uma viagem pelo encantamento das histórias desse imenso e diverso Brasil.
Marcia Valença é atriz e professora e apaixonada pela cultura popular. Em Casos e Cantigas empresta sua expressão pra resgatar “causos” e sonoridades do folclore brasileiro.
A apresentação conta ainda com a riqueza do violão de Rodney Mariano, o “maranhoca” – mistura de maranhense com carioca. Mariano é músico, cantor, compositor e radialista.
____________________________________________________
Dia 2/11 – quinta-feira – 19h30 – Ronaldo Gonçalves e Bernardo Diniz apresentam O Samba Vai Durar
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Show de lançamento do album “O Samba Vai Durar”. Lançado de forma inteiramente digital em agosto de 2017, o álbum apresenta 8 sambas inéditos de autoria dos compositores. Ronaldo assina as melodias e Bernardo as letras e arranjos. Gravado no estúdio Tenda do Grilo e na Casa do Choro, o album conta com a participação de diversos artistas convidados e músicos representativos da cena musical carioca como Marcos Sacramento, Áurea Martins, Bebê Kramer e Ilessi.

Dia 3/11 – sexta-feira – 19h30 – Luiz Pié em Memória Afetiva
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Luiz Pié (voz), Rubinho Jacob (violão), Ademir Nogueira (guitarra) e Luiz Nogueira (percussão)
A turnê do Cd Memória Afetiva (selo Fina Flor) é o resultado de uma história de força superação e de um profundo amor à Música. Com 12 canções sob arranjos e regência de Roberto Menescal “Memória Afetiva” passeia por clássicos da Bossa Nova com um suave sabor de samba.
No repertório: Samba do Avião ( Tom Jobim), Amar é Tudo (Djavan), Zé do Caroço (Seu Jorge), entre outras canções.

Dia 4/11 – sábado – 19h30 – Avenida Samba Canção - Show em Homenagem ao Sambas Enredo com Igor Eça e Verônica Sabino
Participação especial: Mingo Araújo
Ingresso: inteira R$ 30,00 / meia: R$ 15,00
Igor Eça (voz, violão e guitarra), Verônica Sabino (voz) e Mingo Araújo (percussão).
O roteiro traz sambas emblemáticos que todo mundo sabe cantar, como “Das maravilhas do mar, fez-se o esplendor de uma noite”, de Davi Correia e Jorge Macedo (Portela, 1981), “Sonhar não custa nada”, de Paulinho Mocidade, Rico da Viola e Moleque Silveira (Mocidade, 1992), “Caymmi mostra ao mundo o que a Bahia e a Mangueira tem,” de Ivo Meireles, Paulinho e Lula (Mangueira, 1986)  e “Domingo”, de Aurinho da Ilha, Ione do nascimento, Adhemar Vinhaes e Waldir da Vala (União da Ilha, 1977).
Para além de preservar a memória do gênero carioca, o show mostra como os sambas enredos podem soar bonitos e encantar o público fora do período da folia, mostrando toda a beleza destas tramas que nos emocionam na Avenida há tantos Carnavais.

Dia 7/11 – terça-feira – 19h30 – Nos Tempos do Rádio
Ingresso: inteira R$ 10,00 / meia: R$ 5,00
Espetáculo realizado com os alunos do curso de teatro da melhor idade do Coletivo Sem Ribalta. A peça musical visa contemplar os Anos de Ouro da Rádio Nacional, com foco no programa do apresentador Cesar de Alencar, apresentando as estrelas que fizeram sucesso nos anos 50 e 60, como Emilinha Borba e Marlene. Além de recordar o famoso show de calouros e as lendárias propagandas da época.

Dia 8/11 – quarta-feira – 16h – Izabella Bicalho em Canções de Amor
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Izabella Bicalho (voz), Fernando Merlino (piano), Mauricio Massunaga (bandolim e violão) e André Vercelino (percussão).
Show em homenagem àquela que foi uma das mais importantes intérpretes da música brasileira Elizeth Cardoso. Durante décadas ela emocionou multidões com seus sucessos e inspirou grandes artistas como Ary Barroso, Vinicius de Moraes, Pixinguinha e muitos outros.
Um espetáculo que passeia pelo Samba Canção, Bossa Nova, Samba/Jazz e o Choro, estilos que faziam parte do emocionante repertorio da Divina. O Show é costurado por narrações de estória curiosas e emocionantes sobre a vida da cantora.

Dia 9/11 – quinta-feira – 19h30 – Samba de Dois em Caravana Giramundo
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Anderson Vaz (voz) e Virgílio dos Santos (cavaco)
No repertório sambas de roda, forró, ijexás, jongos e calangos de composições autorais e de grandes mestres da música brasileira, como: Nei Lopes, Wilson Moreira, Roque Ferreira, Xangô da Mangueira, Gilberto Gil, entre outros.

Dia 10/11 – sexta-feira – 19h30 – Nilze Carvalho apresenta Choro Canção
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Nilze (voz, violão, bandolim e cavaquinho), Hudson Santos (violão de sete cordas), Netinho Albuquerque (percussão).
Nilze traz composições do século XIX como a emblemática “Flor Amorosa”, de 1880, assinada por Joaquim Antonio da Silva Callado – “O Pai do Choro”. Junto delas clássicos do século XX, como: “1X0” (Pixinguinha / Benedito Lacerda/ adpt.Nelson Angelo) e “Curare” (Bororó). A ponte com tempos modernos se faz com canções de Edu Krieger (“Novo Amor”) e Marisa Monte/ Arnaldo Antunes (“De mais ninguém”) mostrando que o choro atravessa o tempo chegando incólume ao terceiro milênio. “Choro Canção” tem formação minimalista: couro e cordas compõem o show. Com seu último disco solo “Verde Amarelo Negro Anil” Nilze Carvalho foi indicada para o Grammy Latino na categoria “Melhor Disco de Samba” em 2015.

Dia 11/11 – sábado – 16h – I° Sarau de Violão
Ingresso: R$ 1,00
A orquestra de Violões da AV-Rio inaugura, a série “Saraus da Associação de Violão do Rio de Janeiro no Centro da Música Carioca Artur da Távola”, no qual o violão é a estrela principal. Aberto ao público, que também poderá tocar, o Sarau terá convidados especiais e atividades variadas, mostrando o violão em suas diversas formas: os clássicos do violão, o violão flamenco, o violão contemporâneo, o violão no choro, o violão no jazz.
Os Saraus ocorrerão sempre no segundo sábado do mês às 16 horas. Traga seu violão e participe!

Dia 11/11 – sábado – 19h30 – Joel Nascimento 80 Anos – Participação Especial: Henrique Cazes
Ingresso: inteira: R$ 30,00 / meia: R$ 15,00
Joel Nascimento se tornou nacionalmente conhecido na década de 1970, como o músico que soube levar o bandolim brasileiro adiante, depois da presença marcante de Jacob. Contribuiu decisivamente para a modernização dos grupos de choro, revelando novas possibilidades de arranjo.
Idealizador e produtor do CD-reportagem "Joel Nascimento: som, estilo & improviso", Henrique Cazes cultiva uma longa intimidade com o homenageado, pois tocam juntos desde 1980. A partir desse conhecimento sobre a trajetória ímpar de Joel, que ambos apresentam no espetáculo, os diferentes ambientes da música por onde o bandolim de Joel trafegou. Desde as rodas de choro do subúrbio até a música de concerto, passando pelas colaborações profícuas com os maestros Radamés Gnattali, Egberto Gismonti e Geraldo Vespar.

Dia 14/11 – terça-feira – 19h30 - PC Castilho e Instrumentice
Convidado Especial: Marcelo Caldi (sanfona)
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
PC Castilho (voz, flauta, sax), Carlos Rabha (contrabaixo, violão), Paulinho São Gonçalo (percussão), Rodrigo Porto (violão, guitarra) e Gil Guimarães (bateria)
Instrumentice é a vontade eterna que os músicos têm de fazer um som e proporcionar encontros em torno da grande arte que é a música, interpretando belas melodias, dialogando e improvisando num repertório que tem Pixinguinha, Tom Jobim, Gabriel Geszti, Chico Buarque, Sivuca, Marcelo Caldi, Léo de Freitas e Gilberto Gil , dentre outros. Explorando a rica diversidade rítmica brasileira, choros, sambas, baiões e outros estilos estão nesse passeio sonoro, que inclui composições dos músicos do time escalado. Composições novas e também as já conhecidas através dos CDs Barco de Música (Zangareio) e do álbum duplo Vento Leste (PC Castilho), dão o toque autoral desse encontro.

Dia 15/11 – quarta-feira – 16h – Elvira Canta Roberto Carlos
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O espetáculo será uma releitura das canções do rei Roberto Carlos, músicas como “Se Você Pensa”, “Detalhes”, “Falando Sério”, “As Curvas da Estrada de Santo”, e outras, ganham uma roupagem nova, uma refinada mistura de jazz, pop, bossa nova e do e velho Iê iê iê.

Dia 16/11 – quinta-feira – 19h30 – Magali
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Magali (voz) e Victor Ribeiro (violão sete cordas)
Magali se une a Victor para apresentar o show Acústico, apresentando no repertório releituras para clássicos do samba e da MPB, além de algumas músicas autorais.

Dia 17/11 – sexta-feira – 19h30 – Carlos Uzêda
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Carlos Uzêda (voz), Wilson Nunes (piano), Flávio Pereira (contrabaixo), Marcelo Martins (sopros) e Helbe Machado (bateria).
O espetáculo será uma grande homenagem aos cem anos de nascimento de Haroldo Barbosa, um dos compositores mais importantes da música popular brasileira. Haroldo foi jornalista, radialista e escritor e suas canções são consideradas das mais bonitas do nosso cancioneiro e imortalizadas por intérpretes como Elizeth Cardoso, Miltinho, João Gilberto, Elza Soares e tantos outros.
Com essa produção musical riquíssima, Carlos Uzêda vem realizando uma série de shows, concretizando esta merecida homenagem, a este que foi um grande artista brasileiro.

Dia 18/11 – sábado – 19h30 – Ana Costa e Carrapicho Rangel apresentam Do Começo ao Infinto
Ingresso: inteira: R$ 30,00 / meia: R$ 15,00
Ana Costa, cantora, compositora e instrumentista carioca está lançando seu quinto CD ao lado de Carrapicho Rangel, jovem músico bandolinista radicado em Araraquara, São Paulo. O CD “Do Começo ao Infinito” é um projeto inusitado que une voz e bandolim como ponto central no universo de sambas, sambas canções, valsas e choros.
O espetáculo será uma mostra das composições do CD, intercalando com músicas populares de grande conhecimento do público em geral, que foram compostas para o instrumento, no caso, o bandolim. Dentre as inéditas o duo apresenta parcerias da cantora com João Cavalcanti, Zélia Duncan, Magali, Marcelo Caldi, Vidal Assis dentre vários nomes que compõem a cena de compositores da atualidade.

Dia 21/11 – terça-feira – 19h30 – Dagô - Dos Batuques Africanos às guitarras do Rock
Ingresso: inteira: R$ 10,00 / meia: R$ 5,00
A banda apresenta cantigas de matrizes africanas e suas religiões de raiz, reinterpretando a obra de compositores brasileiros que já pesquisaram e apresentaram músicas dessa vertente referencial. Autores como, Jackson do Pandeiro, Paulo Cesar Pinheiro, João Bosco, Aldir Blanc, Roque Ferreira são fontes de referencia para esse trabalho. Intérpretes da MPB, como Clara Nunes, Maria Betânia, Arícia Mess e Rita Beneditto também inspiram o repertório da banda.

Dia 22/11 – quarta-feira – 16h – Roda de Samba do Barão apresenta Vila Isabel Berço dos Abolicionistas
Ingresso: R$ 1,00
O bairro de Vila Isabel é tradicionalmente musical e conhecido como bairro boêmio e importante no cenário Abolicionista do Brasil tendo acolhido moradores ilustres das mais diversas áreas culturais. Este espetáculo vem resgatar e mostrar porque o bairro de Vila Isabel se tornou um sucesso, tese de mestrado e verdadeira linguagem musical da cidade do Rio de Janeiro e do País, cantado nas mais belas melodias de Noel Rosa, Martinho da Vila e tantos compositores da Música Popular Brasileira e servindo de inspiração para muitos escritores.

Dia 23/11 – quinta-feira – 19h30 – Felipe Adetokunbo, Um Herdeiro da Pequena África
Ingresso: inteira: R$ 10,00 / meia: R$ 5,00
Cantor e ator, traz em seu currículo atuação em alguns espetáculos (nacional e internacional) como Thriller Live Brasil Tour, Esquina o musical, Extravasa o musical. Foi também semifinalista no Primeiro reality The Voice Kids Brasil.
Felipe apresenta um show de entretenimento, entrelaçado de cultura e emoção, com voz e banda. Os vôos pela música internacional mostram a influência que a africanidade rítmica deu como contribuição à expressão musical mundial.

Dia 24/11 – sexta-feira – 19h30 – Vibra Negra Voz
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Duo criado por Thiago Kobe e Nina Rosa, que reúne voz e vibrafone para interpretação de músicas de poetas negros do samba. No espetáculo, a dupla evidencia as capacidades do instrumento atuando na base do samba, acompanhando a melodia do canto expressivo da cantora, ou até mesmo fazendo a melodia, enquanto se acompanha harmônica e ritmicamente um repertório de clássicos do gênero e de composições inéditas com performances vibrantes.

Dia 25/11 – sábado – 19h30 – Rodrigo Maranhão & Pretinho da Serrinha – 20 Anos de Amizade
Ingresso: inteira: R$ 40,00 / meia: R$ 20,00
Rodrigo Maranhão e Pretinho da Serrinha construíram suas carreiras musicais no meio do samba, do carnaval e da MPB. Como compositores e instrumentistas, já foram gravados e gravaram com alguns dos maiores nomes da música brasileira. Seu Jorge interpretou algumas músicas de Pretinho que se tornaram icônicas na sua voz, como “A Doida” “Burguesinha” e “Mina do Condomínio”. Sua carreira como instrumentista já o levou a dividir os palcos como músico de Marisa Monte, Caetano Veloso, Beth Carvalho, Arlindo Cruz, entre outros. Rodrigo Maranhão venceu um Grammy Latino pela sua música “Caminho das Águas” interpretada por Maria Rita, e além desta também já teve composições gravadas nas vozes de Roberta Sá, Zélia Duncan, Fernanda Abreu e outros da MPB.

Dia 29/11 – quarta-feira – 16h – Joyce Cândico faz Tributo a Elis Regina
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
A cantora Joyce Cândido faz um tributo especial a uma das maiores lendas da música brasileira. O show será em memória aos 35 anos da saída de cena de Elis Regina. Com roteiro de Renato Forin Jr e acompanhada por Fernando Merlino ao piano, Joyce Candido vai apresentar um expressivo apanhado da carreira de Elis, reunindo canções como Pois É (Tom Jobim/Chico Buarque), Nada Será como Antes (Milton Nascimento/Ronaldo Bastos), Construção (Chico Buarque), O Morro Não Tem Vez (Tom Jobim/Vinicius de Moraes) e ainda Ladeira da Preguiça (Gilberto Gil), Velha Roupa Colorida e Como Nossos Pais, ambas de Belchior, dentre outras.

Dia 30/11 – quinta-feira – 19h30 – Michel Taski Lança Um Malandro Em Paris
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Michel Taski (voz), Rafael Mallmith (violão e guitarra), Fernando Leitzke (piano e acordeon), Edgar Araújo (bateria), Pedro Aúne (contrabaixo) e Marcelo Cebukin (sopros).
Belga naturalizado brasileiro, o cantor e compositor Michel Tasky mora no Rio de Janeiro há quase 25 anos e lançou o seu terceiro disco em abril deste ano. "Um malandro em Paris" (independente, distribuído pela Tratore) reúne dez músicas, com arranjos de Leandro Braga, Eduardo Neves, Alexandre Caldi, Guto Wirtti, Lucas Porto, Luís Barcelos, Jayme Vignoli, Fernando Leitzke, Thiago da Serrinha e Rafael Mallmith, que também assina a direção musical. O repertório é fruto de uma pesquisa sobre sambas que mencionam a França ou brincam com o francês nas suas letras.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Agenda Especial - Dia 12 de outubro


Especial Dia Das Crianças no Centro da Música Carioca – 12 de outubro

A Secretaria Municipal de Cultura e Centro da Música Carioca Artur da Távola, prepararam uma programação especial para comemorar o dia das crianças com muita diversão e música.
O evento terá início às 11h e se estenderá até as 18h30, com atrações diversas, barracas e muitas brincadeiras.

- 11h00 – Orquestra de Cordas da Grota
Local: Jardim de entrada do Centro da Música Carioca – R$ 1,00
A Orquestra de Cordas da Grota foi criada em 1995, a partir do trabalho voluntário de músicos e educadores, que queriam oferecer a crianças e jovens da Grota do Surucucu, através da formação musical, uma oportunidade de desenvolvimento humano e social. O talento e a dedicação dos jovens transformaram o projeto social em um trabalho musical de valor reconhecido. O projeto, hoje atua em mais 10 comunidades em Niterói e em municípios vizinhos atendendo em torno de 500 alunos de flauta, violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta transversa e percussão.
Para o concerto, que celebrará o dia das crianças, a orquestra encantará a plateia ao combinar música erudita o com releituras empolgantes dos clássicos da Disney e composições infantis de autores brasileiros.

- 13h30 às 18h30 – MAMI – Movimento Artístico Musical para Infância – Fazendo Arte
O MAMI – Movimento Artístico-Musical para Infância – é um coletivo formado por artistas e grupos que têm a MÚSICA PARA A INFÂNCIA como elemento de destaque em suas atividades artísticas. Bandas, músicos, contadores de histórias, compositores, escritores e atores, entre outros, que há mais de três anos ocupam a pauta infantil do Centro da Música Carioca Artur da Távola (Tijuca-RJ) com shows diversificados para crianças e seus familiares, no projeto Domingo das Crianças. Em 2017, o MAMI expandiu suas ações passando a programar também o Café Com Leite (no Teatro Municipal Café Pequeno - Leblon) e o Parquinho das Ruínas (No Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas – Santa Teresa). O MAMI vem propor um dia de arte, com atividades musicais e lúdicas, em comemoração ao Dia das Crianças, no Centro da Música Carioca Artur da Távola.

13h30 – Showcante que encante - Joaquim de Paula
Local: Jardim do CMC – R$ 1,00
O multi-instrumentista Joaquim de Paula tem um estilo musical que se aproxima da “música de raiz”, com características próprias e influência do estilo erudito e folclore brasileiro. No espetáculo usados instrumentos tradicionais, flauta, viola, sanfona, rabeca e percussões variadas, além de criativos recursos sonoros, com instrumentos criados pela cia. Para obtenção de sonoridades que se aproximem do viés dramático e onírico dos contos do nosso povo brasileiro.

14h15 – Que bicho é esse? - André Alves
Local: Jardim do CMC – R$ 1,00
A interatividade é o ponto forte do espetáculo que leva o público a refletir sobre nosso amor à natureza e nossas práticas contra ou a favor do meio ambiente, como reflexos do sentimento que nos move. Divertindo com perguntas como “que bicho é esse?” ou “como nascem os bichos?”, entre outras formas de chamado, o espetáculo acorda sentimentos que dormem, e nos intima com alegria, doçura e afeto, a revalidá-los, a partir de uma profunda e grande pergunta: “que mundo é este?”

15h – Roni e as Figurinhas
Local: Teatro do Centro da Música Carioca – R$ 20,00 e R$ 10,00
Roni Valk (voz), Alexei Henriques (violino), Nico do Cavaco (violão e cavaquinho), Rique Bardana (piano), Mauro Rocha (contrabaixo), Marcelo Sant´Anna (bateria e percussão) e André Sette (guitarra)
Show de lançamento do CD homônimo de Roni Valk. Composto por doze canções autorais, Roni contou com as participações mais que especiais de Maria Alcina, Áurea Martins e Suzana Salles, três cantoras consagradas da música brasileira. O álbum é um mergulho no mundo musical e melódico das composições de Roni feitas para e sobre infâncias. O repertório é um passeio pelos ritmos brasileiros como a marchinha, a moda de viola, o afoxé, o samba-rock, a modinha e o baião. Tem brasilidade nas letras e nos variados instrumentos usados nos arranjos como o cavaquinho, a cuíca, o pife, o pandeiro, a viola caipira.

16h30 – Catucando História pra cantar - Chay Torres, Ivone Torres
Local: Jardim do CMC – R$ 1,00
Ivone e Chay contam e cantam histórias incorporando temas variados: meio ambiente, ação social, família, folclore e mitos. Personagens ganham vida através da fusão das várias linguagens literárias e musicais. Show interativo em que a criança é conduzida a trabalhar através da imaginação, do canto, movimentos, sons corporais e instrumentais.

17h15 – Cantando Brinquedos - Jujuba e Ana Nogueira
Local: Jardim do CMC – R$ 1,00
As cantigas de brincar e parlendas compõem a trilha deste show que ainda leva a criançada a explorar os adereços e objetos sonoros da cena e também movimentos e sonoridades do próprio corpo. Nesta festa musical a plateia brinca, canta, dança e se diverte!

18h00 – Flores D'Água Contadoras de Histórias - Passarinho Encantado
Local: Jardim do CMC – R$ 1,00
Flores D’água Contadoras de Histórias reúne histórias onde a água é o elemento principal. Idealizado pela atriz Paulinha Cavalcanti e dirigido por Anderson Barreto, o espetáculo traz canções e cantigas populares que conduzem a cena, com muito humor, beleza e claro, histórias de flores dágua – vitória régia, flor de lótus- em integração direta com púbico. No palco Paulinha é acompanhada por Romulo Frazão - multi-instrumentista- que toca flauta transversal, banjo, cavaquinho e percussão. 

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Agenda Mensal


Programação Centro da Música Carioca - Outubro 2017

Centro da Música Carioca
Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca
(21) 3238-3831

Exposição – Querubins da Grota (GRATUITO)_____________
Período: 27/09 a 26/11
Horários: Terças e Domingos, das 10h às 18h
Quarta a Sábado, das 10h às 19h30
“Querubins da Grota” é um projeto fotográfico realizado com a “Orquestra de Cordas da Grota”, resultado do trabalho desenvolvido no “Espaço Cultural da Grota”, o qual realiza ações voltadas para promoção da cidadania através da cultura, da arte e da educação direcionado para crianças e jovens da comunidade Grota do Surucucu em Niterói.
Além das obras expostas, todas as imagens do livro “Querubins da Grota” que deu origem ao projeto, serão projetadas para que todos tenham acesso ao acervo digital. O fotógrafo Fernando Braune realizará, no mês de outubro uma aula aberta para alunos da rede pública onde discorrerá sobre o processo criativo do trabalho Querubins da Grota, além de fazer uma visita orientada pela exposição.

Clássicos Domingos 11h ________________
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Dia 1/10 – Duo Angela Carvalho e Cláudio Vettori (voz e piano)
Convidado: Helio Ferreira (tenor)
Angela exerce intensa atividade como concertista no Rio de Janeiro e outras cidades (Niterói, Nova Friburgo, São Paulo, Petrópolis). Canta, ainda, como recitalista em espaços musicais diversos como Country Club de Nova Friburgo, Uni-Rio, Auditório Lorenzo Fêrnandez do Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro, Auditório do Espaço das Músicas de Niterói, Teatro Municipal de Niterói, Teatro da Universidade Federal Fluminense, Teatro Santa Cecília (Petrópolis), dentre outros.
Cláudio Vettori é pianista, estudou com Jaques Klein, Arnaldo Estrela e Glória Maria Fonseca Costa. É Diretor Musical do Theatro de Ópera Zola Amaro, fundado pelo tenor George Andler em 1999.
Helio Ferreira foi tenor solista do Teatro de Ópera do Rio de Janeiro (TORJ), atualmente se apresenta em concertos e recitais em vários locais no Rio de Janeiro e São Paulo, incluindo programas beneficentes e culturais em Igrejas, Clubes, Academias de Letras e Museus. Em 2003 gravou CD com repertório lírico com a saudosa Fani Rozenfeld, sua pianista na época.

Dia 8/10 – Alberto Pirro em Melodias ao Coração
Neste show o pianista Alberto Pirro dá relevo à beleza das melodias populares. Homenageando alguns dos nossos principais compositores como Sergio Bittencourt, Cartola, Lupicínio Rodrigues, Anísio Silva, Garoto, Tom Jobim, Toquinho, dentre outros, Alberto realça em cada canção a simplicidade e a singeleza de melodias imortais.

Dia 15/10 – Giordano Passini
Nasceu em 1986, em Bolonha (Itália), e iniciou seus estudos de música com doze anos.
Giordano tem atuado intensamente em concertos pela Europa, Leste Europeu, China e América Latina. Em 2014, lançou seu primeiro CD solo “Frammenti”, dedicado ao repertório violonístico do século 20 e que recebeu elogiosa crítica de publicações especializadas, com a Revista “Sei Corde” (Itália).
Desde 2009, é o Diretor Artístico e idealizador do Festival Internacional de Violão “Claxica”, em Bolonha (Itália).

Dia 22/10 – III Encontro Internacional de Acordeons
O evento reunirá acordeonistas de vários países, que farão diversas apresentações, cada um com sua individualização e performance específica. Um espetáculo que promete apresentar uma riqueza de ritmos e contextos musicais.
Participantes: Luana Lasta, Cascavel, PR, Brasil; José Benavidez, Paraná, Entre Rios, Argentina; Luiz Gamim, Punta Arenas, Chile; Lácides Romero, Córdoba, Colômbia; Lucia Ferrer, Shangrilla, Montevidéo, Uruguai e Olivier Forel, Nyon, Suiça.

Dia 29/10 – Concerto Especial – Homenagem a Sergio Roberto de Oliveira
Luis Carlos Barbieri (violão), Duo Santoro (violoncello), Marco Lima (violão), Doriana Mendes (soprano), Cristiano Alves (clarinete), Marco Lima (violão) e Mirian Grosman (piano).
A música do compositor carioca Sérgio Roberto de Oliveira será apresentada por vários músicos como reverência à sua criatividade musical e amizade.
No pouco tempo de convívio (faleceu aos 46 anos) legou uma importante e variada obra, indicada ao Grammy Latino de Melhor Composição Clássica Contemporânea/ 2011 (Umas Coisas do Coração, para violão solo) e produziu inúmeros trabalhos fonográficos pelo seu selo A CASA DISCOS, que também recebeu indicação ao Grammy Latino/ 2012 (CD Prelúdio 21 – Quartetos de Cordas). Produziu mensalmente a série de concertos do grupo “Prelúdio 21” e o Festival Internacional “Música de Hoje”.

Domingo das crianças 16h ______________
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Dia 1/10 – José Henrique para Crianças
Há mais de 30 anos, o compositor José Henrique Nogueira dedica boa parte de seu trabalho à infância. O show José Henrique para Crianças tem cenografia de Suzana Lacevitz e direção musical de Lui Coimbra, que também participa com violão, violoncelo e charanga. No repertório 12 músicas dos CDs Curiosa Idade Musical 1 e Curiosa Idade Musical 2, entre elas, os sucessos “Foguete”, “O mosquito” e “Laranjeiras”. A banda conta ainda com David Willian, no teclado e acordeão, e Naife Simões, na percussão.

Dia 8/10 – André Alves apresenta Que Bicho é Esse
A interatividade é o ponto forte do espetáculo que leva o público a refletir sobre nosso amor à natureza e nossas práticas contra ou a favor do meio ambiente, como reflexos do sentimento que nos move. Divertindo com perguntas como “que bicho é esse?” ou “como nascem os bichos?”, entre outras formas de chamado, o espetáculo acorda sentimentos que dormem, e nos intima com alegria, doçura e afeto, a revalidá-los, a partir de uma profunda e grande pergunta: “que mundo é este?”

Dia 15/10 – Jujuba e Ana Nogueira apresentam Fábulas Fabulosas
Em Fábulas Fabulosas os artistas Jujuba e Ana Nogueira farão o lançamento do aplicativo de desenho animado de histórias cantadas “Contos em Cantos”. E é através de canções executadas ao vivo, técnicas teatrais, recorte e dobraduras, que os cantadores de histórias aliarão a arte milenar de narração de Fábulas com a moderna tecnologia digital, e mostrarão projeções dos desenhos animados que compõem o aplicativo, contextualizado com a estrutura do espetáculo, onde são contadas e cantadas fábulas para ressaltar a importância do livro e homenagear o grande escritor Monteiro Lobato.

Dia 22/10 – Cine em Canto Vai ao Circo
Bianca Fabris (voz e baixo), Carlos Henrique de Paula (voz), Daniel Damasceno (voz, violão e triângulo), Joana Lourenço (voz), Joyce Dayane (voz e percussão), Larissa Travassos (voz), Letícia Bento (voz), Lucas Ferreira (voz e guitarra), Luísa Correa (voz), Raquel Marinho (voz) e Victor Miguel (voz)
O musical foi construído em torno do repertório e roteiro do filme Os Saltimbancos Trapalhões e ganhou corpo com a inclusão de outras canções de Chico Buarque que foram trilha de cinema ou têm a mesma temática. Canções como “Ciranda da Bailarina” e “Mambembe”, aparecem num novo contexto, entrelaçando a história do circo, que é contada apenas por meio de canções.
Com humor e delicadeza, o espetáculo agrada a todas as idades, mas tem como foco principal levar esse repertório riquíssimo ao público infanto-juvenil.

Dia 29/10 – Hamilton Catette apresenta A Mão da Natureza
Show de Lançamento do novo CD, A Mão da Natureza, do compositor e cantor Hamilton Catette. No repertório, músicas para infância com conteúdo de respeito à Natureza e preservação.
__________________________________________________
Dia 4/10 – quarta-feira – 19h30 – Maria Marcella em Maresia
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Maria Marcella (voz) e Lucio Rodrigues (violão)
Neste CD de estreia, Marcela pinçou obras dos seus autores prediletos, como Dolores Duran, Ribamar, Dorival Caymmi, Baden Powell, Vinicius de Moraes, Dori Caymmi, Paulo Cesar Pinheiro, Cartola, Elton Medeiros e Candeia, tendo como temas principais o mar e o amor.

Dia 5/10 – quinta-feira – 19h30 – Quarteto Concertante
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Paulo Santoro (violoncelo), Tamara Ujakova (piano), Alexandre Brasil (contrabaixo) e André Frias (bateria).
No repertório do grupo, além da Suíte de Bolling, constam ainda a música brasileira de concerto, para as diversas combinações existentes, além de arranjos de música popular. O Quarteto Concertante fez sua estreia em um concerto memorável no auditório do BNDES, dentro da série “OSB Câmara”, e vem se apresentando regularmente por todo o Brasil.

Dia 6/10 – sexta-feira – 19h30 – Kátya Teixeira apresenta As Flores do Meu Terreiro
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Cantora, instrumentista e compositora, Kátya tem 6 cd's gravados e inúmeras participações em CDs e shows de artistas consagrados da Música Popular Brasileira, a cantora teve 3 dos seus 5 CDs indicados ao Prêmio da Música Brasileira, finalista no Prêmio Profissionais da Música 2017 na categoria ArtistaRaíz e Troféu Catavento 2012 e 2016 de Solano Ribeiro – Rádio Cultura/SP.

Dia 7/10 – sábado – 19h30 – Harmonitango
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
José Staneck (harmônica), Ricardo Santoro (violoncelo) e Sheila Zagury (piano).
A busca por diferentes sonoridades e por novas formas de expressão: esta é a razão para a formação deste inusitado trio, formado por músicos com grande experiência camerística, como José Staneck, Ricardo Santoro e Sheila Zagury. Através da fusão de seus estilos, os músicos encontram na obra de Astor Piazzolla uma maneira de se expressar de forma emocionante e vibrante, valorizada pela riqueza tímbrica da harmônica, do violoncelo e do piano, criando uma sonoridade surpreendente dentro de uma obra fascinante. A similitude da sonoridade da harmônica com o bandoneon transfere à música de Piazzolla toda a energia de um dos mais importantes compositores do século XX, numa poderosa usina de sons valorizada pelos arranjos e pela execução do Harmonitango.

Dia 11/10 – quarta-feira – 19h30 – Dandara Ruffier apresenta Tendências
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O show é um apanhado das principais canções que influenciaram e influenciam a identidade da cantora. Junto ao guitarrista Pablo Barroso, Dandara Ruffier interpretará canções de Tom Jobim e de outros compositores e parceiros contemporâneos ao maestro e também apresentará composições próprias e de compositores do atual cenário musical carioca.

Dia 12/10 – quinta-feira – 19h30 – Zé Bigode
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O repertório, firmado na música instrumental autoral conta com misturas que vão do Jazz ao Afrobeat, passando por ritmos brasileiros como maracatu e baião. O grupo busca sempre a fluidez do improviso, longe de se limitar apenas a ouvintes que estudam música, a linguagem primordial é a do ritmo, e todos podem dançar.

Dia 13/10 – sexta-feira – 19h30 – CYB4 e Quarteto em Cy apresentam Nada Será como Antes
Ingresso: inteira: R$ 30,00 / meia: R$ 15,00
CYB4 é um grupo recém-lançado, que mescla as vozes das duas irmãs fundadoras do Quarteto em Cy, Cynara e Cyva, com Rui Faria (Ex MPB4) e Chico Faria. Comemorando seus 53 anos de existência, o Quarteto em Cy tem a seguinte formação: Cyva, Cynara, Soninha e Corina.
Nesse espetáculo, os dois grupos relembram canções que marcaram suas trajetórias, são composições de Chico, Vinicius, Tom, Sidney Miller, João Bosco, Aldir Blanc, Ernesto Nazareth, Gonzaquinha, Milton Nascimento, Ronaldo Bastos, entre outros. Sambas, Choros e Bossa Nova fazem parte do roteiro dinâmico, que prometem revisitar músicas com novos arranjos.

Dia 14/10 – sábado – 19h30 – Beto Saroldi
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Saxofonista, compositor e produtor, Beto Saroldi pertenceu as Bandas de Erasmo Carlos, Gilberto Gil com quem se apresentou nos maiores Festivais de Jazz & Blues mundo afora, Barão Vermelho, Lulu Santos, Capital Inicial, Wagner Tiso & Lô Borges, especial de Roberto Carlos (TV Globo). Com Eduardo Dussek se apresentou no primeiro Rock in Rio. Trabalhou com Jim Capaldi (Co-fundador ao lado do também extraordinário Steve Winwood o lendário Grupo Inlgês Traffic).
São mais de 300 participações em discos de Ouro e Platina na música Brasileira e está lançando seu sexto Album Solo “Love Town”, um disco feito no Verão Carioca em que o Saxofonista trancou-se em seu studio e escreveu 13 das 14 canções do álbum. Estão em “Love Town” o suingue Carioca, as mais belas melodias brasileiras, o groove do Funk/Soul de Tim Maia, Cassiano, James Brown & Prince e o balanço e a sensualidade da Soul Music, que tornou-se uma marca em sua carreira com sua verdadeira impressão digital.

Dia 18/10 – quarta-feira – 19h30 – Gragoatá
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Do baião à MPB, do tropicalismo ao indie. Formado por Rebeca Sauwen, Fanner Horta e Renato Côrtes, o trio fluminense traz no currículo apresentações diversas, como no Sofar Sounds, no Teatro Municipal de Niterói e Teatro da UFF.
Na mídia, eles ficaram conhecidos em 2015, após a participação de Rebeca Sauwen no programa The Voice, da Rede Globo, e no hit Linda, Louca e Mimada, da banda Oriente.

Dia 19/10 – quinta-feira – 19h30 – Camerata de Violões
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Neste novo projeto “Cordas Clássicas” a Camerata de Violões avança com a nova proposta de registrar pela primeira vez em sua trajetória compositores brasileiros, novos e consagrados: Heitor Villa-Lobos, Lorenzo Fernandez, Henrique Oswald e Eduardo Gatto, lado a lado a compositores europeus e latino-americanos, tais como Claude Debussy, Béla Bartók, Alberto Ginastera e Leo Brouwer. Interpretando obras compostas originalmente para orquestras sinfônicas, com os arranjos elaborados pelos próprios integrantes do grupo para a estrutura de octeto de violões.

Dia 20/10 – sexta-feira – 19h30 – Letícia Persiles apresenta As Cartas de Amor e Saudade
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
As Cartas de Amor e Saudade, de Letícia Persiles, conta, em apenas um ato, a estória abstrata do processo de criação do próprio álbum. Tendo as músicas e o texto sido criados pela cantora, ao mesmo tempo em que sua vida se transformava pela chegada de seu primeiro filho, traz questionamentos sobre as relações de tempo, espaço e memórias e, é claro, exalta a força do feminino. Complementando o roteiro, outras canções da autora e, também, Lua Branca, de Chiquinha Gonzaga e Seule de Vinicius de Moraes e Pixinguinha fazem parte do show. Durante a performance, as músicas se misturam ao texto.

Dia 21/10 – sábado – 16h e 19h30 – III Encontro Internacional de Acordeons
Ingresso: inteira: R$ 40,00 / meia: R$ 20,00
O evento reunirá acordeonistas de vários países, que farão diversas apresentações, cada um com sua individualização e performance específica. Um espetáculo que promete apresentar uma riqueza de ritmos e contextos musicais.
Participantes: Morais do Acorden, Caiçara, Paraiba, Brasil; José Benavidez, Paraná, Província de Entre Rios, Argentina; Adelqui Bertotto, San Jorge, Argentina; Dudé, Jacaraú, Paraíba, Brasil; Walter Olhausen, Salto, Uruguai; Roger Correa, Guaíba, Rio Grande do Sul, Brasil; Verônica Mendez, Salta, Argentina; Camelo do Acordeon, Ypu, Ceará, Brasil; Maria Huerto, San Ramon Departamento de Canelones, Uruguai; Francisco Soriano, Tiófilo Otoni, Minas Gerais, Brasil; Lácides Romero, Lorica (Córdoba), Colômbia; Bia Socek, Quitandinhas, Paraná, Brasil; Angel Russo, Buenos Aires, Argentina; Luana Lasta, Cascavel, Paraná; Danilo Cruces, Punta Arenas, Chile, Fidelis do acordeon, Remígio, Paraíba, Brasil, Julio Gambino, Córdoba, Argentina; Zé Calixto, Campina Grande, Paraíba, Brasil; Juan Luiz Furlan, Buenos Aires, Argentina; João de Adauto, Jacaraú, Paraíba, Brasil; Luis Gamin, Punta Arenas, Chile; Guilhermo Codino, Nogoyá, Província de Entre Rios, Argentina; Gabriela Glesse, Missal, Paraná, Brasil; Lúcia Ferrer, Shangrilla, Canelones, Brasil; Juan Luiz Furlan, Buenos Aires, Argentina; Olivier Forel, Nyon, Suiça; Eduardo Javier Lorossa, Corrientes, Argentina; Gianni Gallo, Benevento, Itália; Sebastian Silva, Caruaru, Pernambuco, Brasil; Fofa Nobre, Guaíra, Rio Grande do Sul e Débora Nobre, Guaíra, Rio Grande do Sul, Brasil.

Dia 25/10 – quarta-feira – 19h30 – Luiz Otávio apresenta Casa de Amigo
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Pianista, carioca, Luiz toca desde os quatro anos de idade. Na adolescência descobriu a música instrumental e desde então resolveu se dedicar e aprender mais sobre bossa e jazz. Têm como influências os pianistas César Camargo Mariano e Chick Corea, o cantor e instrumentista Ed Mota, o baixista Arthur Maia, entre outros consagrados instrumentistas da música brasileira e do jazz.
Casa de Amigo é seu primeiro álbum instrumental, o disco conta com as participações especiais de grandes músicos, como o guitarrista Leo Amuedo, o baixista Ney Conceição, o saxofonista Marcelo Martins.

Dia 26/10 – quinta-feira – 19h30 – Sidney Mattos
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Sidney Mattos (teclado e voz), André Dantas (baixo), Elly Werneck (bateria) e Felipe Trocado (sax e flauta).
O músico e compositor Sidney Mattos lança Bombay. O CD foi gravado ao vivo, em 1978, num show memorável no Patkar Hall / Índia. No repertório temas instrumentais recolhidos dos seus cinco CDs instrumentais já gravados. O show contará com a participação especial de Fernando Moraes no teclado.

Dia 27/10 – sexta-feira – 19h30 – Fred Martins
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Em um estilo particular e contemporâneo, as suas composições dialogam com o samba, a bossa-nova e o nordeste modal, captando também elementos do rock e blues.
A Música é Meu País” é o título do novo DVD de Fred Martins. Entre canções consagradas e inéditas, este trabalho traça uma panorâmica dos variados matizes poético/sonoros presentes na obra do músico. Também registra, em distintos ambientes, encontros com artistas que fizeram parte de sua trajetória musical, marcada pela experiência de viver entre Brasil, Galiza e Portugal. Contando com a participação de músicos e cantores como Ney Matogrosso, Zélia Duncan, Renato Braz, Lívia Nestrovski e Fred Ferreira, Cristiana Águas, Nancy Vieira, Ruca rebordão, Germán díaz, Pedro Pascual, Pablo Pascual, Marcelo Martins, Jessé Sadoc, Janaina Salles, Pedro Braga, Fernando Caneca, Alex Rocha, Victor Bertrami, Diogo Clemente, Ângelo Freire, Sandra Martins, “A Música é Meu País” é uma parceria do Centro de Artes da UFF e o Canal Brasil.

Dia 28/10 – sábado – 16h – Roda de Rock
Ingresso: R$1,00
O projeto será promovido pelo coletivo Rock S.A que é uma reunião de artistas das mais variadas regiões e vertentes do rock, que têm em comum o desejo de progredir com seus projetos. Uma forma que encontraram para difundir os seus trabalhos foi promover eventos periódicos como o Roda de Rock, que consiste em duas atividades:
16h – Abertura com a banda Envolto Deserto
17h30 – Roda de Rock – A proposta é ser uma festa democrática, aberta para quem quiser tocar, é só trazer o instrumento (violão, baixo, percussão, gaita, entre outros). A Roda se inicia com uma banda base e a medida que a galera for chegando, começa o revezamento.

Dia 28/10 – sábado – 19h30 – Jefferson Gonçalves e Banda
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Jefferson Gonçalves tem sido uma referência em harmônica no Brasil e no mundo, por isso, em 2017 foi convidado pela empresa alemã Seydel Harmonicas, para ser o primeiro endorse brasileiro a fazer parte do time.